Se você está na internet há algum tempo, com certeza já deve ter recebido um e-mail com ofertas e dicas de algum produto ou outro. Embora essa ainda seja uma estratégia muito usada nos dias de hoje, o E-mail Marketing é uma das primeiras estratégias de Marketing na era digital. Para você ter uma ideia, o primeiro e-mail em massa foi disparado em 1978, e a modalidade continuou crescendo e se aprimorando até hoje. 

Nesse artigo, você vai entender um pouco mais sobre o E-mail Marketing e se ele ainda é uma ferramenta que vale a pena investir (spoilers: vale, e muito!). Nós também vamos compartilhar algumas vantagens e desvantagens, para você conhecer mais a fundo tudo que o E-mail Marketing pode fazer por você e pelo seu negócio. Além disso, vamos te contar os requerimentos legais envolvidos com o E-mail Marketing e, para finalizar, separamos algumas das principais plataformas de E-mail Marketing no Brasil. 

Preparado? Vamos lá! 

O que é o E-mail Marketing e para que serve?

Em primeiro lugar, o objetivo do E-mail Marketing é o mesmo que toda estratégia de Marketing

  • desenvolver lealdade e confiança do público na marca;
  • alavancar vendas;
  • nutrir leads com conteúdos relevantes para o seu público. 

Infelizmente, durante muitos anos, o E-mail Marketing foi sinônimo de Spam — mensagens indesejadas que poderiam até mesmo ser tentativas de fraudar o leitor que as recebe. Isso porque, antigamente, esses e-mails eram enviados sem nenhum tipo de consentimento do consumidor. Nos dias atuais, esse cenário mudou bastante e o E-mail Marketing é considerado uma ferramenta valiosa no arsenal de estratégias do Marketing Digital.

Mas, afinal das contas, o que é o E-mail Marketing? Pode parecer complicado, mas E-mail Marketing nada mais é que o envio de e-mails para um grupo ou uma lista de contatos com o objetivo de estabelecer uma comunicação comercial.

Ou seja, basicamente, toda mensagem enviada por e-mail para um lead pode ser considerada E-mail Marketing. 

Sabendo disso, pode parecer tentador enviar toda nova publicação no seu Blog, ofertas incríveis e novidades todos os dias para a sua base. Mas lembre-se que mais nem sempre é melhor quando estamos falando de Marketing. Inclusive, um dos aspectos mais importantes ao fazer uso dessa ferramenta é justamente saber quando e como estabelecer esse tipo de comunicação com seus leads

Vantagens & Desvantagens desta estratégia

Como tudo no mundo do Marketing, é essencial que você tenha uma estratégia por trás do envio dos seus e-mails. Quantas vezes você não recebeu um e-mail de alguma empresa que você nem se deu ao trabalho de abrir e mandou direto para a Lixeira? Para evitar que isso aconteça com o seu conteúdo, você precisa conhecer as preferências dos seus leads e saber qual conteúdo eles gostariam de receber, assim como a frequência ideal das comunicações. 

É natural que algumas pessoas se interessem por conteúdos com novidades da área e conteúdos mais técnicos, e outras estejam apenas querendo saber de descontos ou promoções. E não tem nada de errado com isso. Conhecer as nuances do seu público, juntamente com as vantagens e desvantagens de usar o E-mail Marketing é a base para desenvolver uma estratégia que esteja alinhada com os objetivos do seu negócio

Pensando nisso, separamos abaixo algumas das principais vantagens de utilizar o E-mail Marketing:

  • Criar listas segmentadas: essa é certamente uma das principais vantagens das ferramentas atuais de E-mail Marketing. A partir da segmentação dos seus leads, você pode oferecer e-mails personalizados para um fluxo de comunicação pós-venda ou reaquecer compradores que não finalizaram o processo de compra do seu produto. Com a tecnologia atual oferecida pelas principais ferramentas de E-mail Marketing, você consegue fazer essa segmentação com um clique;
  • Ter uma conversa direta com o seu lead: ter acesso direto à atenção do seu lead é talvez um dos recursos mais preciosos no mundo de hoje em dia. Com essa possibilidade em mãos, você pode estreitar e humanizar o relacionamento com sua base, dando o seu toque pessoal nas suas mensagens. É por isso que só enviar promoções acaba sendo um tiro no pé da sua empresa;
  • Mais de 90% das pessoas online usam e-mail: parece um número absurdo, mas é uma gigante janela de oportunidade. Segundo uma pesquisa citada pela Rock Content, incríveis 92% dos usuários adultos de internet usam um e-mail. Além disso, 61% usam o e-mail todos os dias. O que você está esperando? 

Porém, é importante também conhecer o outro lado da moeda. Por isso, selecionamos também as principais desvantagens quando se trata do uso do E-mail Marketing por empresas e negócios:

  • Você corre o risco de cair no Spam: como nós falamos acima, essas comunicações por muito tempo foram enviadas sem a permissão do usuário. Por isso, vários provedores de e-mail populares, como o Gmail, da Google, e o Outlook, da Microsoft, implementaram maneiras de barrar esses e-mails. É daí que vem a famosa ‘Caixa de Spam’, um lugar onde os provedores jogam todas as mensagens que eles consideram suspeitas. Pode até ser cômodo para o usuário, mas é péssimo se você está tentando falar com o seu lead;

Sua base pode não estar engajada: lembra lá atrás quando a gente deu o exemplo da pessoa que se cadastrou apenas para saber das promoções? Nas suas campanhas de E-mail Marketing, você vai precisar engajar pessoas em diferentes momentos da sua jornada como clientes, o que pode ser um desafio. Uma boa opção é criar fluxos de comunicação diferenciados para cada um desses clientes, respeitando suas escolhas e lentamente oferecendo conteúdos para que eles se engajem no seu tempo.

 

Requerimentos Legais do E-mail Marketing

Eu sei que você está ficando animado, mas antes de começar a planejar as suas campanhas de E-mail Marketing, precisa saber que existem alguns requerimentos legais envolvidos. Afinal, você será responsável por manter e acessar dados privilegiados dos seus clientes, como nome, endereço de e-mail e hábitos de compra. Para poder continuar a usar esses chamados dados pessoais, no Brasil, as práticas da sua empresa precisam estar alinhadas com a Lei Geral de Proteção de Dados — a famosa LGPD. 

Aqui na LAB, nós escrevemos um artigo todinho sobre os impactos da LGPD para o Marketing da sua empresa (que você pode conferir aqui). Mas, se você quiser pular direto para os pontos importantes dentro deste tema, confira abaixo:

 

  • Você precisa do consentimento da sua base para enviar mensagens: acabou-se o tempo de receber mensagens de empresas que a gente nem conhece. Com a LGPD, uma empresa precisa demonstrar o legítimo interesse do lead em receber suas comunicações. Isso pode ser desde uma compra realizada até se inscrever na sua newsletter, por exemplo;
  • As pessoas podem se descadastrar a qualquer momento: por isso, é sempre bom deixar um link para quem quiser retirar o e-mail da lista sempre ao final dos seus e-mails. Por parecer contraintuitivo, mas quem ficar na sua lista vai respeitar a sua honestidade;
  • Colete apenas os dados necessários para você: pode parecer tentador coletar o máximo de informações que você puder, mas se você não precisa saber de endereço, redes sociais ou dados bancários dos seus leads, não peça! Isso melhora a experiência deles quando estiverem interagindo com a sua marca, e te previne de manter dados que não ajudam em nada o seu processo interno.

Se ainda restaram algumas dúvidas sobre o assunto, não se preocupe! O pessoal da Resultados Digitais compilou um guia incrível para adequar suas Landing Pages, formulários, anúncios e claro, o E-mail Marketing, dentro das novas normas. Pode parecer um pouco intimidador no começo, mas é só ter atenção e sempre consultar profissionais especialistas na área que tudo dará certo. 

Principais ferramentas de E-mail Marketing no Brasil

Agora que você conhece as vantagens e desvantagens do E-mail Marketing, mal consegue esperar para colocar tudo isso em prática, né? Mas antes de mergulhar de vez nesse mundo, aqui vai a nossa última dica. Para você construir, gerenciar e enviar suas mensagens aos leads, vai precisar de uma ferramenta ou software que ofereça essas funcionalidades. A boa notícia é que existem muitas opções disponíveis no mercado, para desde quem está começando até empresas consolidadas com milhares de leads. 

Se você está lendo esse artigo, talvez esteja pensando ainda em colocar em prática tudo isso. Sendo esse o caso, uma boa opção é confiar em uma das 4 principais empresas do ramo no mercado brasileiro. Juntas, essas 4 empresas são responsáveis por mais de 50% do E-mail Marketing de toda América Latina. Não é pouco, não!

Então, sem mais delongas, aqui são os principais fornecedores de soluções para E-mail Marketing e a porcentagem de mercado na América Latina, segundo uma pesquisa da Rock Content realizada em 2019:

Entre elas, talvez a opção mais atrativa para iniciantes — o que explica a sua popularidade — é o Mailchimp. A ferramenta conta com uma interface simples e intuitiva, e é uma boa opção para dar os seus primeiros passos no mundo do E-mail Marketing. 

Agora que você tem todas essas informações, precisa criar uma comunicação adequada para cada momento da jornada de compra dos seus leads. Conte com a LAB para desenvolver, estruturar e executar a sua estratégia de comunicação. Você pode conhecer mais sobre os nossos serviços, ou preencher o formulário abaixo que entramos em contato com você 😊.

 

LAB

0 comentários

Deixe uma resposta

Avatar placeholder

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.